Testes rápidos para a Covid-19
Foto: Bruno Concha/Fotos Públicas
Testes rápidos para a Covid-19

Um levantamento publicado pelo Mercado Mineiro, na manhã desta segunda-feira (27), aponta que os preços de três diferentes tipos de testes de Covid-19 podem variar cerca de 150% entre um estabelecimento e outro em Belo Horizonte .

O mais barato é o teste que detecta a resposta imunológica do corpo e que custa R$ 119. Todavia, este mesmo exame pode custar até R$ 300 – valor máximo cobrado pelo RT-PCR , teste considerado “padrão-ouro” no diagnóstico do novo coronavírus (Sars-coV-2).

De acordo com a análise do Mercado Mineiro que procurou na semana passada comércios que elaboram o teste, o diagnóstico por RT-PCR mais barato encontrado custa R$ 249. Enquanto pelo mais caro é pedido R$ 300 – R$ 51 a mais, uma variação em torno de 20,5%. Ainda segundo o levantamento, o preço médio deste exame molecular está em torno de R$ 274.

O segundo teste usado em Belo Horizonte para detecção da Covid-19 é o IgM/IgG , mais indicado para aquelas pessoas que acreditam já terem sido expostas ao vírus.

O exame é feito a partir de uma amostra de sangue e o valor mais baixo cobrado por este exame muito realizado em farmácias é R$ 119, enquanto mais caro pode custar até R$ 300. Esta é a maior variação encontrada pela pesquisa, uma vez que o mesmo teste pode custar até 152% a mais entre um estabelecimento e outro.

Há ainda um terceiro tipo de exame que também analisa a resposta imunológica do corpo em relação ao novo coronavírus . Trata-se do Ag, um teste rápido que também requer uma pequena amostra de sangue.

De acordo com o levantamento, o exame mais barato desta categoria em Belo Horizonte custa R$ 150. O mais caro sai por R$ 219 – uma variação em torno de 46%. Com informações do site O Tempo .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários