Cemitério do Caju%2C no Rio
Gabriel Monteiro/Agência O Globo
Cemitério do Caju, no Rio

Do total de óbitos por Covid-19 entre 16 de março e julho nas capitais estaduais brasileiras, 11.87% foram de pessoas que moravam em outras cidades, aponta um levantamento da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil). 

Porto Alegre (RS) foi a capital que mais recebeu de outras cidades pacientes com o novo coronavírus (Sars-coV-2) que vieram a óbito (40% do total de óbitos), seguida por Cuiabá (MT), com 36%, Recife (PE), com 25%, e Palmas (TO), com 24%.

Brasília (DF), com 14%, São Paulo (SP), com 12%, Curitiba (PR), com 11%, Belo Horizonte (MG), com 11%, e Rio de Janeiro (RJ), com 10%, ficaram próximas da média nacional. 

Entre as capitais que menos registraram óbitos de pacientes com Covid-19 residentes em outros municípios estão Salvador (BA), com 6%, Manaus (AM), com 7%, e Macapá (AP), com 5%.

Quando se inclui na conta outras doenças respiratórias (insuficiência respiratória, pneumonia, Síndrome Respiratória Aguda (SRAG) e septicemia), a proporção de óbitos de não residentes nas capitais permanece em um patamar próximo ao das mortes por Covid, de 12,3%. Com informações do Uol .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários