Pessoas andando nas rusa de Porto de Alegre
Agência O Globo
Pessoas andando nas rusa de Porto de Alegre

Próximo do anúncio da retomada das atividades, Porto Alegre, registrou um número recorde de pacientes com o novo coronavírus (Sars-coV-2) na UTI. Só na última quarta-feira (05), foram 324 pessoas diagnosticadas com Covid-19 em estado crítico. 

A marca mais alta anterior aconteceu nos dias 1º e 2 de agosto, quando 319 pessoas com Covid-19 estavam internadas em UTIs da Capital. Embora os dados preocupem, o ritmo de hospitalizações ainda é considerado estável – a média móvel de pacientes de coronavírus (soma do número de internados nos últimos sete dias dividido por sete) subiu 3,6% na última semana. Na anterior, 11,8%.

O secretário-adjunto de Saúde de Porto Alegre, Natan Katz , admite que o cenário está longe de ser confortável, mas considera menos preocupante do que nos meses de junho e julho. "É esperado que tenhamos dias de maior e de menor ocupação. Se olharmos a demanda na última semana, os números oscilam pouco. Durante uma pandemia, a maior apreensão sempre se dá pela velocidade dos casos", analisa ele.

Para ele, a reabertura de indústrias e comércio mostra-se inevitável devido ao impacto causado pelos quatro meses de fechamento na economia . Contudo, ele alerta que empresários e moradores terão de retomar a rotina com cautela, mantendo distanciamento social  e usando máscara .

"Nossa preocupação é que essa certa estabilidade ocorra porque estamos chegando no limite dos leitos de UTI , implicando maior tempo de espera pela perda de capacidade do sistema de absorver mais pacientes. Não por acaso, isso está acontecendo no momento em que a curva de casos é ascendente", pontua Kuchenbecker.

"A situação realmente se estabilizou um pouco, mas não se pode comemorar. Seguimos em alerta, monitorando constantemente, afinal, ainda estamos no meio de uma pandemia. E longe do seu fim", conclui Cláudio Oliveira, diretor-presidente do Grupo Hospitalar Conceição (GHC). Com informações do Gaúcha ZH .

    Veja Também

      Mostrar mais