Aglomeração
Reprodução
Aglomerações foram comuns em bares durante a final do campeonato paulista, no sábado (8)

A final do campeonato paulista de futebol ocasionou vários pontos de aglomeração na capital durante o fim de semana. Questionado pela repórter do iG , Eduarda Esteves sobre a efetividade das ações para inibir ocorrências, o governo de São Paulo afirmou que, embora existam medidas de fiscalização, o distanciamento depende da colaboração da sociedade.

"O Plano São Paulo é um pacto com a sociedade. É como se disséssemos 'fiquem em casa enquanto organizamos a situação dos hospitais' e assim fizemos", defende o secretário de saúde, Jean Gorinchteyn. "É claro que as pessoas estão saindo, aos poucos, daquela restrição de ir e vir", completou o secretário.

Para Gorinchteyn, o estado está "no meio do caminho" entre o isolamento completo e a flexibilização das medidas de distanciamento, mas cada município ainda depende da permanência dos índices para que a fase não volte a retroceder. "Se não mantivermos, algumas regiões vão precisar involuir".

Sobre a fiscalização, Gorinchteyn também reforçou que o estado "não possui braços" para garantir, sozinho, a manutenção da quarentena. "Vamos ser realistas, a sociedade precisa manter o pacto para que a gente consiga impedir o aumento de casos", disse.

    Veja Também

      Mostrar mais