Patrícia Ellen
Reprodução/TV Cultura
Patrícia Ellen, secretária de desenvolvimento econômico de SP

Entrevistada pelo programa Roda Viva nesta segunda-feira (10), a secretária de desenvolvimento econômico de São Paulo, Patrícia Ellen , defendeu a gestão do estado no enfrentamento à pandemia e afirmou que o sistema de saúde do estado, apesar da pandemia, está "fortalecido" e com certa folga nos leitos de UTI .

"No início da pandemia, o estado de São Paulo tinha pouco mais de 3 mil leitos de UTI disponíveis no sistema público. Hoje, esse número mais que dobrou e temos 8,1 mil leitos", afirmou a secretária.

"A gente conseguiu assegurar uma folga na ocupação de leitos para variações durante a pandemia, mas ao mesmo tempo precisamos olhar para as desigualdades e a verdade é que muita gente tinha doenças gravíssimas e estava evitando os hospitais. Então se a gente tem leitos hoje, não dá mais para não atender quem precisa", afirmou, destacando que o momento de flexibilização das medidas adotadas durante a pandemia envolve, também, a atenção aos demais pacientes. 

De acordo com Patrícia, o Sistema Único de Saúde - SUS, também se mostrou essencial durante a pandemia. "A gente tem mais de 70 mil agentes de saúde e em São Paulo uma realidade que nenhum país tem, que são as vigilâncias epidemiológicas . Se você for acompanhar de perto, as pessoas que testaram positivo recebem uma ligação com uma conversa de pelo menos 15 minutos de instruções sobre como fazer o isolamento de si mesmo e dos contatos", defendeu a secretária.

    Veja Também

      Mostrar mais