cemitério com flores
Paulo Desana/Dabakuri/Amazônia Real
Veja a atualização epidemiológica do Estado de São Paulo


Nesta segunda-feira (17), o boletim diário da secretaria de saúde de São Paulo afirmou que o estado registrou 47 óbitos em 24 horas. O total de mortes no estado, agora, é de 26.899. Ainda segundo a secretaria de saúde do estado, 3.172 novos casos da doença foram notificados, elevando o total para 702.665. 




Segundo o secretário de saúde Jean Gorinctheyn, os óbitos apresentaram na última semana queda de 1%.

"Parece pouco expresso, devendo-se a inserção daqueles dados represados de 221 pacientes que evoluíram à óbito e foram inseridos de forma tardia ao longo da pandemia por uma modificação metodológica do Ministério da Saúde", afirmou.

"Mas temos um melhor índice de número de óbitos no Estado em relação a semanas anteriores, em níveis muito semelhantes à 24ª semana epidemiológica, mostrando dessa forma um controle da pandemia no nosso Estado", acrescentou.

Gorinctheyn afirmou ainda que houve queda de 4% na região metropolitana e 5% no interior e baixada.

Entre os pacientes, 6.457 recebem tratamento em enfermarias do estado e 4.800 são pacientes considerados graves e internados em unidades de terapia intensiva.

A taxa de ocupação das UTIs do estado é de 57% e na Grande São Paulo 55,5%. O secretário atribuiu o baixo número de internações ao trabalho realizado não só pelo Governo do Estado em disponibilizar leitos e aparelhos, mas pelo trabalho de profissionais de saúde que "não mediram esforços para que a assitência aos pacientes em todo estado pudesse ser garantida". 

"Essa capacidade se destaca a qualquer indicador global, qualquer outro país do mundo", apontou Ana Carla Abrão, coordenadora de Economia do Centro de Contingência do Estado de São Paulo, sobre o nível de internação ser menor de 60%.

    Veja Também

      Mostrar mais