Pacientes com Covid-19 na UTI de hospital privado em São Paulo
Edilson Dantas / Agência O Globo
Pacientes com Covid-19 na UTI de hospital privado em São Paulo

Em um feriado com aglomerações e praias lotadas, o  Brasil registrou mais 320 mortes causadas pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2) nas últimas 24 horas, fazendo o total subir para 126.960, segundo balanço divulgado nesta segunda (7) pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). A alta corresponde a um crescimento de 0,3%.

O número diário é o menor registrado em pouco mais de quatro meses. No dia 4 de maio, o País teve 296 óbitos contabilizados em um dia. Até então, o número de mortes confirmadas 7.312. Na ocasião, os casos confirmados nas últimas 24 horas foram 6.633, totalizando 107.780.

De acordo com o conselho, os novos casos confirmados de Covid-19 são 11.285, totalizando 4.147.794. O aumento foi de 0,3%. Já a taxa de letalidade ficou em 3,1%.


Os dados incluem pessoas sintomáticas e assintomáticas, o que significa dizer que, nesse último caso, são pacientes que foram ou estão infectadas, mas não apresentaram sintomas da doença.

Informações do levantamento independente feito consórcio de veículos de imprensa, no entanto, mostram que o Brasil chegou a 127.001 mortes e 4.147.592 casos confirmados de contaminações pelo novo coronavírus.

Com isso, a média móvel de novas mortes no Brasil nos últimos sete dias foi de 784 óbitos, uma queda de 17% em relação aos dados registrados há 14 dias. Depois de sábado (5), esta é a segunda vez que a média móvel de mortes aparece com tendência de queda desde 5 de junho.

No domingo (6), o número de óbitos era 126.640, enquanto o de pessoas com a doença era de 4.136.509.

São Paulo continua sendo o estado que tem mais mortes, com 31.377 das 126.960 ocorrências. A letalidade é de 3,7% no estado. Em segundo lugar vem o Rio de Janeiro, com 16.593 mortes e letalidade de 7,1%.

No quadro de casos confirmados, São Paulo também lidera a lista. O estado tem 857.330 pessoas infectadas pelo coronavírus. Em segundo lugar vem a Bahia, com 271.963 vítimas de contaminação, sendo seguido por Minas Gerais (236.012), Rio de Janeiro (233.052) e Ceará (222.445).

O estado menos afetado é o Acre, que tem registro de 624 mortes e soma 25.469 casos confirmados de contaminações pelo novo coronavírus desde o início da pandemia.


    Veja Também

      Mostrar mais