Criança
shutterstock
Estudo acompanhou 12 crianças em Utah; bebê de oito meses passou a doença para ambos os pais

Doze crianças infectadas com o novo coronavírus (Sars-CoV-2) em creches contaminaram pelo menos outras doze pessoas, segundo uma análise das autoridades de saúde de Utah, nos Estados Unidos. Entre os contaminados, há uma mulher que precisou ser hospitalizada após contrair a Covid-19 de seu filho.

As doze crianças entre 8 meses e 10 anos infectadas pelo novo coronavírus tinham poucos ou nenhum sintoma da Covid-19 . Pelo rastreamento de contato, as autoridades de saúde identificaram que as crianças infectaram seis mães e três irmãos. Um bebê de apenas oito meses foi capaz de infectar ambos os pais. 

O estudo foi publicado pela revista científica Nature, onde os autores alegam que a falta de testes pode ter deixado de identificar outros contaminados. 

No último dia 11, o mesmo veículo publicou um estudo inglês que sugere que quase metade das transmissões do novo coronavírus acontecem a partir de pessoas que não estão com sintomas da doença.

Segundo o pesquisador Luca Ferretti da Universidade de Oxford, 40% das contaminações pela Covid-19 acontecem antes do paciente desenvolver sintomas


    Veja Também

      Mostrar mais