vitamina D
Getty Images
Taxas de vitamina D no corpo pode interferir na infecção por Covid-19

Um estudo realizado por pesquisadores da Escola de Medicina da Univerisdade de Boston, nos Estados Unidos, e publicado pelo periódico científico PLOS ONE, apontou que a quantidade de vitamina D em cada organismo pode surtir um efeito protetor contra casos graves da Covid-19 .

De acordo com a pesquisa, pacientes com pelo menos 25-hidróxi-vitamina D apresentaram uma redução no risco de dificuldade respiratória e morte. Além disso, outro estudo, publicado na rede JAMA Network, afirma que pessoas com deficiência de vitamina D foram mais facilmente diagnosticadas com a doença.

O resultado ainda apresenta uma justificativa - além de razões socioeconômicas - para a forma como a Covid-19 afeta com maior gravidade as pessoas negras em comparação às brancas, já que a pele preta precisa de mais tempo de exposição ao sol para que a vitamina D seja criada no organismo .

Apesar da descoberta, a pesquisa ainda não é considerada definitiva por demandar um número maior de pesquisas para que a recomendação seja segura. Os cientistas destacam ainda que não há evidências de que níveis de vitamina D acima da média - em níveis maiores do que o ideal para o corpo - surtam qualquer efeito contra a doença.

    Veja Também

      Mostrar mais