vacina
Agência O Globo
Autorização emergencial pode ocorrer em novembro

A farmacêutica Pfizer, que dsenvolve em parceria com a alemã BioNTech uma candidata a vacina contra a Covid-19, informou nesta sexta-feira que pretende solicitar aprovação para uso emergencial do imunizante nos Estados Unidos ainda em novembro.

A empresa já havia informado, anteriormente, que esperava os dados em estágio final ainda no mês de outubro. Para a aprovação, de acordo com a FDA, que regula os medicamentos no país, será necessário pelo menos dois meses de dados de segurança além de eficácia confirmada da vacina.

A candidata, que considera os resultados otimistas até agora, é uma das 11 vacinas que atualmente integram o grupo de imunizantes contra a Covid-19 que está na última fase das pesquisas, com testes clínicos em humanos.

    Veja Também

      Mostrar mais