Paciente deitado em maca com equipamentos ligados ao seu corpo.
Getty Images
Pressão no sistema de saúde e isolamento social podem ser causas relacionadas

Uma pesquisa realizada na Universidade da Comunidade de Virgínia (VCU), nos EUA, apontou que, para cada pessoa morta pela Covid-19, uma outra morre pelos impactos indiretos da doença. O estudo, que considera as vítimas nos Estados Unidos, aponta para o excedente de óbitos por outras doenças.

Segundo o levantamento, as mortes por outras enfermidades se mantiveram estáveis de 2014 a 2019. Este ano, porém, um excedente de 20% no total chamou atenção por não conter apenas óbitos causados pela Covid-19: um terço do excedente possui outras causas.

"Algumas pessoas que nunca tiveram o vírus podem ter morrido por causa de interrupções causadas pela pandemia. Isso inclui indivíduos em situação de emergências agudas que não encontraram atendimento, pacientes com doenças crônicas como diabetes que não foram devidamente tratadas ou doenças mentais que levaram a overdoses ou a suicídios", afirma o coordenador da pesquisa, Steven Woolf, diretor do Centro de Sociedade e Saúde da universidade norte-americana, à agência Einstein.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários