Discurso de Tedros Adhanom
Reprodução/Instagram
Tedros Adhanom, diretor-geral da OMS

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde, Tedros Adhanom, usou seu discurso de abertura da Conferência Mundial de Saúde para criticar a postura de alguns países. "Deixe-me ser claro: o nacionalismo da vacina vai prolongar a pandemia da Covid-19", disse.

"A única maneira de se recuperar mais rapidamente é nos recuperando juntos", sugeriu Adhanom. Ele ainda acrescentou que "é natural que os países queiram proteger seus cidadãos primeiro. Mas se e quando tivermos uma vacina eficaz, também devemos usá-la de maneira eficaz. E a melhor maneira de fazer isso é vacinar algumas pessoas em todos os países do que todas as pessoas em alguns países".

O discurso chamou atenção para a condução política dos países durante a pandemia. "A Covid-19 está jogando luz às decisões que nós e nossos formuladores de políticas tomamos não apenas hoje, mas também no passado. Muitos dos países mais ricos do mundo, com alguns dos sistemas de saúde mais avançados, foram derrubados por este vírus", reforçou.

    Veja Também

      Mostrar mais