Itália
AFP
Após explosão de casos, Itália aprova novas restrições

Diante da segunda onda da Covid-19 na Europa, a itália endureceu medidas de combate à pandemia. No domingo, o país determinou que bares e restaurantes devem encerrar atividades às 18h, além de exigir que academias, cinemas e piscinas fechem as portas.

De acordo com o primeiro-ministro do país, Giuseppe Conte, as medidas buscam proteger a saúde pública e conter a ascenção da pandemia nas próximas semanas.

"Achamos que sofreremos um pouco este mês, mas ao cerrar os dentes com essas restrições, poderemos respirar novamente em dezembro", disse em entrevista coletiva. Durante o primeiro pico da pandemia, a Itália foi um dos países europeus a sofrer maior impacto. Agora, o país busca evitar uma nova pressão no sistema de saúde.

    Veja Também

      Mostrar mais