A incorporação do serviço ao Hospital do Câncer III foi possível por uma doação da Paxman.
Reprodução/Paxman
A incorporação do serviço ao Hospital do Câncer III foi possível por uma doação da Paxman.

Estudos apontam que a queda de cabelos é um dos efeitos colaterais mais traumatizantes da quimioterapia, trazendo, para além das consequências estéticas, impactos psicológicos. Agora, pacientes do Instituto Nacional do Câncer (INCA) terão acesso à tecnologia da “touca inglesa” , que atenua a queda de cabelos. As informações foram dadas pela BandNews .

O Hospital do Câncer III é o primeiro centro oncológico vinculado ao Sistema Único de Saúde ( SUS ) que oferece a “touca inglesa”, tecnologia que, por meio da crioterapia, evita ou reduz a queda de cabelos induzida pela quimioterapia.

A incorporação do serviço ao Hospital do Câncer III foi possível por uma doação da Paxman , empresa britânica responsável pela produção do equipamento.

A touca é conectada a uma unidade de refrigeração e colocada na cabeça do paciente por cerca de 30 minutos antes da quimioterapia . Depois do procedimento, o paciente fica com a touca por mais uma hora e meia.

A terapia de resfriamento do couro cabeludo não é indicada para os tipos de câncer hematológicos ou para pacientes que possuam alguma alergia ao frio.

A “touca inglesa” já estava disponível em redes particulares, mas agora será oferecida a pacientes do SUS atendidos pelo INCA

    Veja Também

      Mostrar mais