Fachada do prédio do Ministério da Saúde
O Dia
Além do Ministério da Saúde, STJ também já foi alvo de ataque hacker e o site do TSE passou por instabilidade nesta quinta (12)

O Ministério da Saúde confirmou nesta sexta-feira (13) que há indícios de que a pasta também foi alvo de um ataque cibernético . A confirmação foi feita pelo secretário-executivo do ministério, Élcio Franco . Ele disse que, apesar do ataque, não houve "comprometimento, sequestro ou vazamento de informações".

"Há indícios de que a pasta foi alvo de ataques cibernéticos, embora não haja laudo conclusivo. O ministério teve precaução de não divulgar informações a esse respeito até então para preservar provas e garantir a segurança de dados", afirmou o secretário.

Esta é a primeira vez que o ministério admite ter sido alvo de um ataque hacker. Até então, a pasta havia informado que as instabilidades em sistemas do ministério eram resultados de um vírus detectado em algumas máquinas.

Na semana passada, os sistemas do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e do governo do Distrito Federal também foram alvo de um ataque hacker. Nesta quinta-feira (12), o site do Tribunal Superior Eleitoral também passou por instabilidades.

    Veja Também

      Mostrar mais