Praias ficaram lotadas em Santa Catarina durante os últimos dias do ano
Reprodução/Twitter
Praias ficaram lotadas em Santa Catarina durante os últimos dias do ano

Santa Catarina se tornou o terceiro estado brasileiro com o maior número de contaminações pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2). De acordo com informações da Secretaria de Saúde, as confirmações de casos da Covid-19 desde o início da pandemia são 497.345. Já os óbitos são 5.314, o que faz a taxa de letalidade ficar em 1,07%.

O aumento ocorre em meio ao registro de aglomerações desde o Réveillon. Imagens que circulam nas redes sociais mostram as praias lotadas e muitas pessoas caminhando nas ruas durante a noite.

Segundo os números divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Santa Catarina só está atrás dos estados de São Paulo (1.471.422) e Minas Gerais (550.672) em casos confirmados de Covid-19.

Na quinta-feira (31), uma festa de Réveillon foi flagrada em Porto Belo, no Litoral Norte. A região está proibida de fazer eventos por conta da matriz de risco. Nas imagens, é possível ver dezenas de pessoas se aglomerando em frente ao palco onde um músico filma.

A assessoria de comunicação de Porto Belo disse que a Marinha do Brasil esteve no fim de semana na baía do Caixa D'aço, onde também ocorrem as festas irregulares. No entanto, no domingo a equipe da Fundação do Meio Ambiente não fez fiscalização, pois a embarcação sofreu uma pane.

As praias de Balneário Camboriú, no Litoral Norte, também ficaram lotadas de banhistas. Apesar do reforço na fiscalização da prefeitura, imagens na orla da Praia Central no sábado (2) mostraram aglomerações e pessoas sem máscaras.

Na cidade, além da fiscalização do município, a Guarda Municipal afirmou que em alguns momentos tem usado disparos de munição menos letal para fazer a dispersão de pessoas. Em pouco mais de 24 horas, vinte e duas caixas de som foram apreendidas na orla da praia.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários