vacina
Jefferson Peixoto/Secom
Covid-19: Califórnia pede interrupção da vacina da Moderna por reações alérgicas

O Departamento de Saúde da Califórnia, nos Estados Unidos, recomendou a interrupção temporária da distribuição da vacina da Moderna após pessoas  apresentarem sinais de uma possível reação alérgica. Autoridades dos Estados Unidos já investigam os casos.

Até o momento, mais de 330 mil doses do lote específico que apresentou o problema foram distribuídas para 287 pontos de vacinação na Califórnia. Segundo a Moderna, 37 estados receberam cargas do mesmo lote, mas não há registros de efeitos colaterais em outros lugares.

Em nota, a epidemiologista-chefe do estado, Erica Pan, afirmou que fez a recomendação "por extrema cautela", depois que algumas pessoas tiveram possíveis indícios de reações alérgicas severas.

"Um número maior do que o normal de possíveis reações alérgicas foi relatado com um lote específico da vacina Moderna administrada em uma clínica de vacinação da comunidade. Menos de 10 indivíduos necessitaram de atenção médica durante o período de 24 horas", diz a nota.

A epidemiologista explicou que nenhuma vacina ou procedimento médico está isento de riscos, mas a possibilidade de uma reação adversa grave ainda assim é muito pequena.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários