Ministro da Saúde Eduardo Pazuello
Agência Brasil
Ministro da Saúde Eduardo Pazuello

O presidente Jair Bolsonaro e seu ministro da saúde, Eduardo Pazuello , tiveram mais uma derrota em suas medidas ao enfrentamento da proliferação no novo coronavírus . Na quarta-feira (20), o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL), entrou com uma ação na Justiça pedindo o retiramento do aplicativo ‘TrateCov’, do Ministério da Saúde. As informações foram apuradas pelo Brasil 247. 

Tal aplicativo receitava 'tratamentos precoces’ contra a covid-19 sem qualquer recomendação de autoridades ou órgãos de saúde. Após o pedido, a Justiça retirou o aplicativo ‘TrateCov’ do ar, seguindo o pedido protocolado do deputado Freixo

Tratamento com hidroxicloroquina era uma das dicas que constava no aplicativo agora, desativado. Porém, o site ‘TrateCov’ ainda permanece acessível na internet.  


"Pazuello tem que responder por crime contra a saúde pública", disse Freixo, ontem (20), em postagem em sua rede social.  

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários