Covid-19: Brasil não tem vacina suficiente para imunizar pessoas da 1° fase
EPA/BBC
Covid-19: Brasil não tem vacina suficiente para imunizar pessoas da 1° fase

Apesar do início da distribuição da CoronaVac em todo o país e da campanha nacional de imunização já ter começado, ainda não há doses o suficiente para imunizar todos da primeira fase. Segundo levantamento feito pelo portal UOL, o país tem, atualmente, apenas 10,8 milhões de doses disponíveis, mas 14,8 milhões de brasileiros esperando para serem vacinados neste primeiro momento.

Como a imunização de uma única pessoa é garantida somente após duas doses, são necessários 29,6 milhões de doses nesta etapa. Os 10,8 milhões de vacinas correspondem a 6 milhões de doses distribuídas entre os estados somadas aos 4,8 milhões já produzidos e que aguardam aprovação Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A quantia imuniza apenas 5,4 milhões de pessoas, o equivalente a cerca de 2,5% da população do Brasil.

Primeira fase da campanha 

A primeira fase da campanha tem como objetivo vacinar grupos prioritários: Profissionais de saúde; Idosos com 75 anos ou mais; Pessoas acima de 60 anos que vivem em casas de repouso e asilos; População indígena; Povos e comunidades tradicionais ribeirinhas.

Previsão de mais vacinas 

Instituto Butantan afirmou que o acordo com a empresa chinesa Sinovac garante a entrega de insumos suficientes para a produção de 46 milhões de doses no total.

O Diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, disse aguarda a liberação de insumos pelo governo chinês há 15 dias.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários