Itália supera marca de 2 milhões de doses de vacina aplicadas
Governo do Estado de São Paulo/Divulgação
Itália supera marca de 2 milhões de doses de vacina aplicadas

A Itália superou a marca de 2 milhões de doses de vacina anti-Covid administradas em todo o país, segundo dados do comissário para a emergência sanitária, Domenico Arcuri.

Até a tarde desta segunda-feira (1º), 2.018.700 doses do imunizante foram aplicadas desde 31 de dezembro, sendo que 674.270 italianos já receberam a dose dupla. No total, há 1.344.430 pessoas vacinadas.

De acordo com Arcuri, somente na semana passada, foram utilizadas, em média, 78 mil vacinas por dia, "apesar dos atrasos nas entregas pelas empresas fabricantes".

O comissário da pandemia na Itália ainda explicou que a maioria do lote usado serviu, principalmente, para a administração da segunda dose.

Você viu?

Atualmente, segundo os dados do governo, a Itália "é o país europeu que tem o maior número de vacinados, ou seja, de cidadãos que já tomaram a primeira e a segunda dose". A nação aparece com 674.270 imunizados, à frente da Alemanha (532 mil), Espanha (251 mil) e França (45 mil).

Em comparação com os números da população, a Itália aparece em terceiro lugar com maior quantidade de doses aplicadas (1,07%), atrás da Dinamarca e Eslovênia, mas antes da Alemanha (0,64%), Espanha (0,54%) e França (0,07%).

Além disso, Arcuri lembrou que a primeira dose da vacina anti-Covid foi administrada, em sua totalidade, aos públicos da chamada "fase 1", que inclui médicos, enfermeiros, trabalhadores sociais e de saúde e idosos que moram em Residência Sanitária Assistencial (RSA).

"O plano de vacinação na Itália continua efetivamente. Agora estamos focados na administração da segunda dose e aguardamos a anunciada retomada da entrega da vacina pelos fabricantes para continuar ainda mais acelerada", finalizou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários