Diretor de operações da OMS, Mike Ryan, pede as autoridades medidas mais duras contra pandemia
Reprodução: iG Minas Gerais
Diretor de operações da OMS, Mike Ryan, pede as autoridades medidas mais duras contra pandemia


Em entrevista coletiva, a Organização Mundial da Saúde ( OMS ) , alertou nesta sexta-feira (12) sobre o grave quadro da pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2) que o Brasil se encontra.

Tedros Ghebreyeus , diretor-geral da Organização, pede que o país adote “medidas sérias” e alertou os governantes que caso isso não ocorra, a tendência é que o número de mortes em decorrência da Covid-19 aumente:

"A situação é muito preocupante, estamos profundamente preocupados", afirma. "Não é só o número de novos casos. Mas de mortes também", completa Tedros.

Perguntado se o Brasil pode ser considerado uma ameaça sanitária para o restante do mundo, o diretor de operações da OMS, Mike Ryan, aponta que “o que acontece no Brasil importa globalmente”:

Você viu?

"Gostaríamos de ver o Brasil ir em uma direção diferente. Mas isso vai exigir um enorme esforço. O Brasil não está indo na boa direção", afirma Ryan.

O país atualmente vive o pior momento da pandemia, se tornando o epicentro da doença, sendo o Brasil o lugar onde há o maior registro de novos casos e óbitos diários da doença.

Na última quinta-feira (11), foram registrados 78.297 novos casos de Covid-19, além de 2.207 mortes .


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários