Leitos UTI em São Paulo estão praticamente lotados
Alex Ribeiro/Divulgação
Leitos UTI em São Paulo estão praticamente lotados

O estado de São Paulo atingiu a marca de 500 mortes de pessoas com Covid-19 que estavam à espera de um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Nesta quinta-feira (1º), mais 11 delas vieram a óbito na Região Metropolitana da capital.

De acordo com informações da TV Globo e do portal G1, 507 pessoas morreram até agora no estado de São Paulo enquanto aguardavam na fila por uma vaga.

Desse total, 236 mortes foram registradas em cidades do litoral e do interior, enquanto as demais, que são 271, foram na região metropolitana.

O mês de abril começou com 709 pacientes com Covid-19 na fila por uma UTI na Região Metropolitana, sendo 400 na capital e 309 nas outras cidades.

Em Guarulhos, foram 21 mortes à espera de leito de UTI até esta sexta-feira (2). A cidade possui 197 leitos de UTI.

A média móvel de internações no estado por Covid-19 atingiu o pico no dia 26 de março, com 3.399 novas internações. Dessas, 1.819 de foram em hospitais da região metropolitana. Desde então o número começou a cair, mas muito lentamente.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI para Covid-19 continua em torno de 92% tanto no estado como na Grande São Paulo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários