Reunião da Anvisa com governadores do Norte e Nordeste
Divulgação/Anvisa
Reunião da Anvisa com governadores do Norte e Nordeste

A reunião da Agência Nacional da Vigilância Sanitária (Anvisa) com governadores do Norte e Nordeste acabou sem uma definição sobre a autorização para a importação de doses da Sputnik V , vacina russa contra a Covid-19 do Instituto Gamaleya.

Por meio de nota, a agência disse que vai buscar de forma proativa informações que busquem superar aspectos técnicos do pedido de importação do imunizante feito pelos estados.

A afirmação também foi feita pelos diretores do órgão a 14 governadores quando foi feita uma apresentação técnica do cenário nacional e internacional da vacina.

A medida de buscar as informações sobre a vacina Sputnik é para permitir a avaliação do pedido de importação feito pelos estados com a garantia de qualidade necessária para a vacina.

As ações da Anvisa incluem a busca de informações junto à Organização Mundial de Saúde (OMS), à Agência Europeia de Medicamentos e a possibilidade de envio de uma equipe à Rússia para inspeção das instalações do fabricante da Sputnik no país de origem.

A diretoria ainda ressaltou que o processo de importação excepcional é mais simples do que a avaliação para o uso emergencial ou para o registro de uma vacina.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários