Doria desmente possível falta de insumos para produção da CoronaVac; assista
Foto: Governo de São Paulo
Doria desmente possível falta de insumos para produção da CoronaVac; assista

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou, nesta quinta-feira (8), que o Instituto Butantan não sofre com a falta de insumos para a produção da vacina CoronaVac. Ele também disse que o estado receberá três mil litros de insumos para produzir cinco milhões de doses do imunizante.

De acordo com a administração estadual, a matéria-prima deve chegar ao Brasil até o dia 20 de abril, permitindo com que o Butantan complete a entrega de 46 milhões de doses para o Programa Nacional de Imunizações (PNI) até o final do mês.

Veja o vídeo a seguir:

"Tivemos a boa notícia ontem da autorização do embarque de mais três mil litros dos insumos do IFA para a produção da vacina do Butantan aqui nas instalações do instituto em São Paulo", disse João Doria no vídeo.

Você viu?

Além do embarque dos insumos que foi autorizado nesta quarta-feira (7), o Instituto Butantan espera que mais três mil litros de insumos sejam liberados na próxima semana. "Essa autorização da China é importante, três mil litros, mas esperamos já para a próxima semana uma nova autorização de três mil litros adicionais. Com isso vamos cumprir integralmente nossos compromissos com o povo brasileiro no sentido de fornecimento dessa vacina.", disse Dimas Covas.

Com esses seis mil litros que devem ser recebidos até a próxima semana, serão produzidos dez milhões de doses da vacina CoronaVac pelo Butantan.

Desde janeiro, o Butantan já disponibilizou 38,2 milhões de doses ao PNI, sendo responsável pelo fornecimento de mais de 80% das vacinas contra a Covid-19 aplicadas em todo o Brasil.

Em janeiro foram entregues 8,7 milhões de doses. Em fevereiro, outras 4,85 milhões. Em março o Butantan acelerou a produção e liberou 22,7 milhões de vacinas para os brasileiros.

Neste momento, cerca de 3,2 milhões de vacinas encontram-se em processo de inspeção de controle de qualidade no complexo do instituto - parte integrante do processo produtivo - para serem entregues até o dia 19 de abril ao Ministério da Saúde.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários