CoronaVac: Butantan entrega mais 2 milhões de doses ao Ministério da Saúde
Tânia Rêgo/Agência Brasil
CoronaVac: Butantan entrega mais 2 milhões de doses ao Ministério da Saúde

O Instituto Butantan liberou, nesta segunda-feira (10), mais 2 milhões de doses da vacina CoronaVac para uso em todo o país. Já foram entregues, até o momento, 45,112 milhões ao Programa Nacional de Imunizações (PNI).

"Estamos entregando, neste momento, 2 milhões de novas doses da vacina do Butantan. São 2 milhões de vacinas da vida para todo o Brasil. Na próxima quarta-feira, vamos liberar mais 1 milhão de doses da vacina do Butantan e, assim, concluir o contrato inicial de 46 milhões de doses da vacina”, destacou o Governador João Doria (PSDB).

Logo após conclusão do primeiro contrato de 46 milhões de vacinas firmado entre Butantan e Ministério da Saúde, assinado no dia 7 de janeiro deste ano, serão iniciadas as entregas de um lote de mais 54 milhões de doses referentes ao segundo contrato com o PNI. A previsão é entregar o total de 100 milhões de doses até 30 de agosto.

Os lotes entregues em maio foram produzidos a partir de 3 mil litros de insumos recebidos no dia 19 de abril. A direção do Butantan está em tratativas com a biofarmacêutica chinesa Sinovac para a chegada de mais um carregamento de pelo menos mais 3 mil litros de matéria-prima. 

Críticas ao governo federal

O governador João Doria criticou as declarações feitas pelo presidente Jair Bolsonaro contra a China. Por conta das declarações de Bolsonaro, Doria atribui a demora na liberação de insumos vindos do país asiático. "A cada esforço que faz o Ministério das Relações Exteriores, há um esforço contrário liderado pelo presidente da República".

"Cada vez que manifestações são feitas aqui de forma desrespeitosa em Relação à China, isso cria dificuldades para a autorização do governo chinês para o embarque desses insumos para o Brasil. O mesmo laboratório, SinoVac, disponibiliza insumos para um país vizinho aqui, o Chile, que não agride a China, não tem o seu presidente falando mal do governo chinês, do povo chinês e nem da sua vacina, e o fluxo é normal de entrega desses insumos para o Chile", Declarou Doria.

Entregas da vacina do Butantan ao Ministério da Saúde em 2021:

  • 17/1 - 6 milhões
    22/1 - 900 mil
    29/1 - 1,8 milhão
    5/2 - 1,1 milhão
    23/2 - 1,2 milhão
    24/2 - 900 mil
    25/2 - 453 mil
    26/2 - 600 mil
    28/2 - 600 mil
    3/3 - 900 mil
    8/3 - 1,7 milhão
    10/3 - 1,2 milhão
    15/3 - 3,3 milhões
    17/3 - 2 milhões
    19/3 - 2 milhões
    22/3 - 1 milhão
    24/3 - 2,2 milhões
    29/3 - 5 milhões
    31/3 - 3,4 milhões
    05/4 - 1 milhão
    07/4 - 1 milhão
    12/4 - 1,5 milhão
    14/4 - 1 milhão
    19/4 – 700 mil
    22/4 - 180 mil
    30/4 – 420 mi
    06/05 - 1 milhão
    10/05 - 2 milhões

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários