Ribeirão Preto estende medidas restritivas contra Covid-19
Reprodução: ACidade ON
Ribeirão Preto estende medidas restritivas contra Covid-19


As prefeituras de Franca e Ribeirão Preto, no interior do estado de São Paulo, decidiram estender os períodos de aplicação de medidas de restrição contra o aumento da disseminação de covid-19 em suas regiões.

Franca, que já estava desde o último dia 20 aplicando medidas mais restritivas que as impostas pelo Plano São Paulo, decidiu estender o período de confinamento até a próximo dia 10. Permanecem em vigor o toque de recolher, das 20h às 5h; a suspensão dos serviços de transporte coletivo público; a proibição do encontro de pessoas, em qualquer horário, nas vias, praças, parques e logradouros públicos, inclusive para a prática de atividades esportivas.

Segundo decreto da prefeitura, a extensão é necessária em razão do aumento "exponencial de óbitos em decorrência da doença, o aumento das internações em leitos de UTI [unidades de terapia intensiva] e enfermaria com picos de lotação tanto em leitos SUS [Sistema Único de Saúde] quanto em leitos de hospitais particulares na região".

Você viu?

Até o próximo dia 10, somente poderão funcionar na cidade, com as portas fechadas e em regime de entrega em domicílio, supermercados, mercados, mercearias, padarias, açougues, restaurantes, lanchonetes, petshops, farmácias e drogarias. O atendimento médico, odontológico e veterinário somente está autorizado em casos de urgência e emergência. Postos de combustíveis poderão funcionar unicamente para abastecimento.

Ribeirão Preto

A prefeitura decidiu prorrogar até quarta-feira (2) a fase emergencial restritiva e manterá fechados shoppings centers, comércio em geral, salões de beleza, academias, parques, restaurantes e supermercados.

Durante a prorrogação, segmentos alimentícios deverão permanecer atendendo pelos sistemas de entrega em domicílio e retirada em veículo. A determinação mantém também suspensas as aulas presenciais em escolas públicas e privadas e o transporte público da cidade.

De acordo com a prefeitura, da próxima quinta-feira (3) até domingo (6), haverá relaxamento das regras com a abertura de supermercados e similares, óticas, lojas de material de construção, parques e praças e funcionamento das feiras livres. Do dia 7 ao dia 13 de junho, Ribeirão Preto passará a obedecer integralmente o Plano São Paulo, do governo do estado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários