João Doria São Paulo
Governo do Estado de São Paulo/Divulgação
João Doria São Paulo


Nesta quarta-feira (2), o governador João Doria (PSDB) afirmou que toda a população adulta do estado de São Paulo será vacinada até 31 de outubro. A informação foi apresentada por Doria em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes.

Antes, o governador já havia adiantado a informação através de seu Twitter oficial. "Preparem o braço. Vamos vacinar toda população adulta do estado de São Paulo até 31 de outubro deste ano", escreveu o governador. "A população com mais de 18 anos estará plenamente imunizada", afirmou.

Novas datas


A partir da próxima segunda-feira (7), será vacinada a última faixa etaria com comorbidades e deficiências permanentes, com idade de 18 a 29 anos. Ao todo, fazem parte deste grupo 550 mil pessoas, que devem ser imunizadas até o final de junho. 

Doria também anunciou a antecipação da vacinação de profissionais da educação de 45 e 46 anos para a próxima quarta-feira (9).

Outras 1,2 milhão de  pessoas com comorbidades ou deficiência permanente com idade entre 30 e 39 anos já começaram a ser vacinadas nesta quarta-feira (2).  Portanto, atualmente, o calendário está da seguinte forma:

1 a 20 de julho – 55 a 59 anos
2 a 16 de agosto – 50 a 54 anos
17 a 31 de agosto – 45 a 49 anos
1 a 10 de setembro – 40 a 44 anos
11 a 20 de setembro – 35 a 39 anos
21 a 30 de setembro – 30 a 34 anos
1 a 10 de outubro - 25 a 29 anos
11 a 31 de outubro - 18 a 24 anos

Vale lembrar que, quando João Doria anunciou que toda a população adulta do estado estaria vacinada até dezembro, na última segunda, o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, considereou o plano "muito otimista". 

"A julgar pelo ritmo, isso não vai acontecer nessa velocidade em que está prevista e, possivelmente, nós vamos conseguir terminar a vacinação de 50 a 60 milhões, que é o que está previsto aí nessa fase inicial do PNI, na minha previsão, no final de setembro a início de outubro", disse Covas no seminário Webinário Direitos Já!

Você viu?

Sobre a vacinação de crianças e adolescentes, Regiane de Paula, coordenadora geral do Programa Estadual de Imunização disse que, assim que a Anvisa autorizar que as vacinas disponíveis possam ser aplicadas em pessoas com menos de 18 anos, como a da Pfizer, a população com mais de 16 anos também será contemplada. "Mas, neste momento, todas as vacinas do território estão preconizadas para o público acima dos 18 anos", explicou.

Aprovação da CoronaVac pelos países europeus

O governador também anunciou que com a aprovação da CoronaVac pela OMS, o Governo do Estado de São Paulo pede à comunicade europeia que a vacina do Butantan passe a ser aceita nos países que compõem o continente europeu.

"Enviei hoje pela manhã cartas aos presidentes da Comissão Europeia e do Parlamento Europeu solicitando a inclusão da vacina do Butantan entre os imunizantes aceitos por estes países para a entrada de viajantes no bloco de países europeus", disse Doria.

Mais insumos

Por fim, Doria anunciou que São Paulo recebera novos insumos da China no dia 28 de junho. "São 6 mil litros de IFA suficientes para a produção de 10 milhões de doses da vacina do Butantan", afirmou Doria.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários