Doria diz que 100% dos profissionais da educação serão vacinados em São Paulo
Reprodução: BBC News Brasil
Doria diz que 100% dos profissionais da educação serão vacinados em São Paulo


O governador João Doria disse, na manhã desta quarta-feira (9), que a imunização para profissionais da educação, a partir de 18 anos de idade, foi antecipada para a próxima sexta-feira (11). 

"Grande notícia para a Educação de SP. Vamos antecipar a vacinação de 363 mil profissionais da educação, de 18 a 44 anos, para esta sexta-feira, dia 11", anunciou Doria durante o lançamento do evento Mega Escola, no Memorial da América Latina, e, logo depois, também na coletiva. O governador disse que, com isso, o estado terá 100% dos profissionais que atuam na educação imunizados.

Inicialmente, de acordo com a previsão divulgada pelo governo estadual no final de abril, o grupo seria imunizado entre 21 e 31 e julho. A antecipação visa, principalmente, garantir a volta às aulas segura.

"Não fomos apenas o primeiro estado do Brasil a vacinar professores, fomos os primeiros a vacinar pessoas. No dia 17 de janeiro São Paulo foi o primeiro estado a colocar a vacina no braço", disse Doria durante a coletiva.

Você viu?

"Hoje certamente é um dia muito significativo para nós. Já temos 400 mil pessoas da educação de São Paulo vacinadas desde 10 de abril, quando iniciamos a imunização. Com essa antecipação teremos 100% dos profissionais que atuam na educação básica imunizados, assim podemos garantir à volta as aulas cada vez mais segura", afirmou celebrou a secretária da Educação Rossieli Soares.

Como se vacinar: passo a passo

Os profissionais devem informar o número do CPF, nome completo e e-mail no cadastro feito no no portal  VacinaJá Educação. Em seguida, receberão um link no e-mail e será necessário validá-lo para dar continuidade ao processo. 

Em seguida, o profissional deve confirmar os dados pessoais e informar o nome da escola, rede de ensino, município, cargo ocupado e anexar o último holerite. Após passar por um processo de análise, se validade, o profissional receberá em seu e-mail o comprovante VacinaJá Educação com um QR Code para verificação de autenticidade. 

O profissional deverá apresentar o comprovante VacinaJá Educação, RG e CPF para conferência dos dados pelo profissional de saúde.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários