Pela primeira vez neste ano, taxas de incidência e mortalidade por Covid-19 não aumentam em nenhum estado
Foto: Bruno Kelli/Amazonia Real
Pela primeira vez neste ano, taxas de incidência e mortalidade por Covid-19 não aumentam em nenhum estado


Não houve aumento nas taxas de incidência e mortalidade por Covid-19 em nenhum estado brasileiro entre 20 de junho e 3 de julho, o que acontece pela primeira vez este ano. É o que mostra a nova edição do Boletim do Observatório Covid-19 Fiocruz. Este novo cenário, dizem os pesquisadores, pode ser resultado do avanço da campanha de vacinação.

Você viu?

A análise aponta também a redução, pela quarta semana consecutiva, das taxas de ocupação de leitos de UTI Covid no Sistema Único de Saúde (SUS). No entanto, mesmo com a redução no número de casos, as taxas de Síndromes Respiratórias Agudas Graves (SRAG) ainda são muito altas em vários estados. Elas indicam, na maioria das vezes, casos graves de Covid-19.

"Ainda não se pode afirmar que essa tendência é sustentada, isto é, que vai ser mantida ao longo das próximas semanas, ou se estamos vivendo um período de flutuações em torno de um patamar alto de transmissão, que se estabeleceu a partir de março em todo o país", alertam os pesquisadores.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários