Casos de Covid-19 aumentam 121% em duas semanas nos EUA com variante Delta
Rafael Rigues
Casos de Covid-19 aumentam 121% em duas semanas nos EUA com variante Delta

Os casos de Covid-19 voltarem a crescer nos EUA após a campanha de vacinação estagnar, em apenas duas semanas houve um crescimento de 121% na novas infecções.

Apesar de já existirem doses disponíveis para todos os americanos acima de 18 anos, a procura agora é baixa e uma parte da população se recusa a tomar vacina. Enquanto isso, a variante Delta está se tornando dominante entre os novos testes positivos.

Além do aumento no número de novos casos, as mortes cresceram 9%. O Centro de Prevenção e Controle de Doenças (CDC), no entanto, diz que 97% das novas internações por Covid-19 são de pessoas que ainda não estão vacinadas. Além disso, os casos estão aumentando em regiões onde a imunização segue abaixo da média nacional.

Novos casos de Covid-19 nos EUA

A média de mortes diária está em 280 e novos casos de Covid-19 nos EUA são cerca de 28 mil. Todos os estados apresentaram aumento nos novos casos, mas em alguns as novas infecções mais que dobraram, o que ligou um alerta para as autoridades. A parte mais crítica são de estados da região sul do país, com baixas taxas de vacinação.

Em coletiva de imprensa, a diretora do CDC, Rochelle Walesnky, disse que os EUA vivem uma “pandemia dos não vacinados”. Ao contrário da falta de vacinas que ocorre em boa parte do mundo, o país norte-americano possui mais doses do que o necessário para imunizar toda a população.

Mesmo assim, o presidente Joe Biden não conseguiu cumprir a meta de vacinar 70% da população com mais de 18 anos com pelo menos uma dose até o começo de julho. Hoje, cerca de 67% dos americanos foram imunizados.

Você viu?

Em Missouri, por exemplo, apenas 40% da população foi vacinada. O estado não possui mais leitos de UTI disponíveis. Apesar disso, as autoridades alertam que a situação é bem menos crítica do que a vista no começo do ano e que com o avanço da vacinação os novos casos de Covid-19 devem voltar a cair nos EUA.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários