Maioria das internações por Covid-19 na França é de jovens não vacinados
Reprodução/freepik
Maioria das internações por Covid-19 na França é de jovens não vacinados


O jornal francês "Le Parisien" destacou, nesta quinta-feira (29), que os pacientes nas UTIs do país estão mais jovens e não foram vacinados. "Os médicos veem que os doentes que necessitam de tratamento intensivo fazem parte de faixas etárias bem inferiores em relação às ondas anteriores da Covid-19", afirma a publicação.

Segundo dados da Agência de Saúde Pública da França, pela primeira vez desde o início da pandemia do novo coronavírus, a média de idade dos internados nas UTIs do país está abaixo dos 60 anos. Quando os infectados dão a entrada no hospital, de acordo com o "Le Parisien", a primeira pergunta feita é se eles já se vacinaram. Na maioria das vezes, a resposta é negativa.

Os não vacinados costumam justificar que não há muitas pesquisas sobre os efeitos colaterais a longo prazo dos imunizantes, apesar de existir aqueles que assumem estar mal informados. Os mais jovens, de 20 a 29 anos, dizem que não têm tempo para se vacinar e dizem acreditar que, caso testem positivo para a Covid-19, não terão sintomas graves.

Segundo dados do World in Data, projeto da Universidade de Oxford, a França tem 45% de sua população totalmente vacinada até o momento e 14% parcialmente imunizada.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários