Alexandre Chieppe
Reprodução
Alexandre Chieppe


A variante Delta do novo coronavírus deve ser a predominante no estado do Rio de Janeiro, tomando o lugar da Gama, originária de Manaus. A previsão foi feita pelo secretário da Saúde, Alexandre Chieppe, em entrevista à CNN.  Em todo o estado, já foram confirmados 98 casos de Covid-19 da cepa e quatro mortes.

A capital tem, até agora, 33 casos, sendo a cidade do estado com mais infecções pela variante. Segundo a secretaria municipal de Saúde, todos apresentaram sintomas leves de síndrome gripal e não têm histórico de viagem recente ao exterior. 

Apesar da efetividade das vacinas que estão sendo aplicadas e do d eclínio nos indicadores da Covid-19, a estimativa é de que a variante originária da Índia corresponda a cerca de 20% dos casos na cidade. 

"A nossa estimativa é que 20% dos casos de Covid na cidade já sejam da variante Delta pelas nossas amostragens de genotipagem. A gente tem acompanhado que a variante Delta, felizmente, não causou um aumento de número de casos, os casos continuam se mantendo em algumas regiões da cidade, até caindo. O número de óbitos e internações continua em declínio. Isso é efeito da vacina, a gente está cada vez mais seguro que as quatro vacinas que estão sendo aplicadas no Brasil funcionam para a variante Delta, têm um bom resultado", disse o secretário de saúde do município, Daniel Soranz.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários