João Doria
Divulgação/Governo do Estado de São Paulo
João Doria


Segundo o governador de São Paulo, João Doria, o uso de máscara no estado se estenderá um pouco por causa da variante Delta da Covid-19. Assim, o uso do item continuará obrigatório até, no mínimo, o fim deste ano. Durante evento na manhã desta terça-feira (17) para a inauguração da montagem do "tatuzão", que auxiliará nas escavações do túnel da futura linha 6-Laranja do Metrô, Doria disse que máscaras "preservam" e "salvam" vidas.

Leia: Variante Delta sobrecarrega hospitais no Rio, que correm para reabrir leitos

"Dado a variante delta, os cuidados e os zelos, as máscaras ainda farão parte da nossa indumentária por um tempo um pouquinho maior", disse o governador. O Rio de Janeiro, estado vizinho de São Paulo, vê novamente os casos de Covid-19 aumentando gracas à cepa. 

Segundo o secretário de Saúde do Rio, Daniel Soranz, a mutação foi detectada em mais da metade das amostras colhidas na capital no último mês. Outras cidades do estado já têm  ocupação de 100% de suas UTIs por causa da infecção pelo novo coronavírus.

Por mais que o uso de máscara siga obrigatório até o fim de 2021, já haverá um estado de maior "normalidade" em São Paulo, alegou Doria, citando a possibilidade de "estarmos mais próximos, com alegria, frequentando restaurantes e bares".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários