SP aguarda mais doses da Janssen
Divulgação/Secretaria Municipal da Saúde
SP aguarda mais doses da Janssen

O Secretário Estadual de Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, afirmou hoje que o estado não possui doses de vacina da Janssen suficientes para a aplicação de uma 2ª dose. O anúncio de que o reforço seria necessário foi feito pelo Ministério da Saúde ontem.

"Para que possamos realizar essa segunda dose - a gente não usa para a Janssen uma dose de reforço porque o próprio fabricante colocou que para covid-19, especialmente para as variantes do vírus, eu preciso ter duas doses intervaladas em dois meses, entre a primeira e a segunda, precisamos ter esse quantitativo de doses a ser ofertada pelo Ministério", disse.

"Estamos aguardando para os próximos dias, para que possamos de forma adequada e responsável, poder proceder a imunização para essas pessoas", completou.

A secretária do Plano Estadual de Imunização (PEI), Regiane de Paula, afirmou que o estado aguarda também uma nota técnica para que a aplicação das doses - quando disponíveis - seja feita.

"Para complementar, a Janssen é uma dose única. O ministério ontem fez uma fala dizendo que em oito semanas deve ser aplicada a segunda dose, e após cinco meses, a dose adicional. Mas SP não tem o imunizante, como o Dr Jean acabou de falar. Nós aguardamos inclusive uma nota técnica explicando a forma vamos proceder com a vacina da Janssen", afirmou. 

"Acreditamos que frente a fala de ontem, a população está ansiosa por respostas. Mas as respostas têm que vir do Ministério da Saúde, e assim que chegarem, repassamos a todos."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários