Gripe
Sarah Pitt - The Conversation*
Gripe

Em meio à queda de óbitos por Covid-19, um novo surto vem chamando a atenção no país. Pacientes infectados com influenza A, mais especificamente a cepa H3N2, são cada vez mais frequentes e o vírus já está em pelo menos 11 unidades da Federação, incluindo o Distrito Federal.

De acordo com levantamento do Metrópoles, com base em dados das Secretarias Estaduais, Distrito Federal, Rio de Janeiro, São Paulo, Espírito Santo, Bahia, Paraná, Rio Grande do Sul, Amazonas, Rio Grande do Norte, Maranhão e Ceará já registraram casos. Além disso, Goiás ainda não teve confirmação, mas monitora nove casos suspeitos.

Para piorar, o apagão de dados do SUS está dificultando a notificação de pacientes com o vírus. Dessa forma, os números podem ser maiores que os levantados.

A grande preocupação é que o influenza, apesar de reaparece todos os anos, costuma ter seu maior número de casos a partir de maio, diferente do que está sendo visto esse anos.

Leia Também

Vale lembrar que os sintomas são semelhantes aos da Covid, entre eles, tosse, congestão nasal, febre e dor muscular. A recomendação é procurar o médico quando os sintomas incluírem falta de ar, dor no tórax e coloração azulada dos lábios ou rosto. Por meio do exame PCR será possível certeza do vírus responsável pela infecção.

Para evitar o contágio é necessário o uso de máscara de boa qualidade, distanciamento social e higiene das mãos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários