UBS da capital paulista vão atender sem agendamento
Prefeitura de São Paulo
UBS da capital paulista vão atender sem agendamento

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de São Paulo informou que, a partir desta quinta-feira (23), pessoas com sintomas de gripe receberão atendimento nas 469 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da capital sem necessidade de agendamento prévio. Com essa estratégia, a pasta busca garantir o cuidado em saúde aos usuários da rede municipal de saúde. Na sexta-feira (24), as UBSs estarão abertas com clínicos e pediatras exclusivamente para o atendimento de pacientes com sintomas respiratórios.

A rede tem registrado um aumento significativo na demanda de atendimento das unidades de saúde a pessoas com sintomas gripais. Em novembro de 2021, a SMS registrou um total de 111.949 atendimentos de pessoas com sintomas gripais, sendo 56.220 suspeitos de Covid-19. Neste mês, até terça-feira (20), a SMS registra um total de 170.259 atendimentos com quadro respiratório, sendo 79.482 suspeitos de Covid-19.

A SMS destinou 258 dos leitos do Hospital Municipal da Brasilândia para o acolhimento e tratamento dos casos de Síndromes Respiratórias Agudas Graves (Srags) na cidade. Desde sábado (18), os pacientes diagnosticados com as síndromes respiratórias e que necessitam de internação já estão sendo transferidos para essa unidade hospitalar. Além disso, a rede municipal está contratando 280 médicos e instalando tendas em UPAs e AMAs para agilizar a triagem e atendimento da população.

A SMS tem intensificado as ações de monitoramento e iniciou na quinta-feira (16), a realização de testes rápidos em suas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), Assistências Médicas Ambulatoriais (AMAs), Prontos Atendimentos (PAs) e prontos-socorros, no setor de triagem, para identificar os casos positivos de Covid-19.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários