Teste Covid-19
Reprodução
Teste Covid-19

A taxa de positividade dos testes para  Covid-19 na Secretaria Municipal de Saúde do Rio está em 13% nesta terça-feira (4). O número mais que dobrou em relação à última semana, quando estava em 6%. Na semana anterior, estava ainda menor, em 1%. Um levantamento realizado pela rede de saúde privada Dasa também identificou aumento expressivo na taxa de positividade para SARS-CoV-2.

No Estado do Rio de Janeiro a positividade da rede de laboratórios que inclui as empresas Sérgio Franco, Lâmina e Alta Diagnósticos ficou em 30%, nos dias 1 e 2 de janeiro. O volume de testes subiu 30,2% no mês de dezembro em relação a novembro no estado.

Em todo o Brasil, a positividade passou de 12,72% em 27 de dezembro de 2021, para 27,22% em 2 de janeiro de 2022, com base nos exames realizados nas mais de 900 unidades ambulatoriais da rede privada. No dia 4 de dezembro do ano passado, a positividade era de 1,38%.

O volume de testes de RT-PCR para Covid-19 cresceu 55,3% em dezembro na Rede Dasa, comparado com novembro, patamar similar ao de julho. Os testes de antígenos também tiveram aumento de procura e a positividade alcançou 24,27% no dia 2 de janeiro, maior patamar da série histórica.

No posto Hélio Pellegrino, na Praça da Bandeira, Zona Norte do Rio, dezenas de cariocas aguardavam para se testar nesta terça-feira. A advogada Márcia Azevedo, 65, elogiou o atendimento recebido na unidade de saúde, mas, por conta da alta procura, ela ficou por mais de quatro horas no local.

Leia Também

"Estava bem cheio e organizado. O resultado leva 20 minutos. Quando positivei, demorou para que eu conseguisse ser atendida pela médica. Os profissionais são muito bons, mas era tanta gente que embolou", elogia. Márcia chegou ao local às 9h40 e saiu 14h. Para testar, ela esperou 1h20 e depois foi mais demorado para conseguir atendimento médico.

A advogada é imunossuprimida e tomou a terceira dose na quinta-feira (31). Na sexta-feira, começaram os sintomas, mas Márcia não sabia se tratava-se de reação da vacina. Como o mal-estar e febre persistiram ela decidiu testar nesta terça (4).
Influenza

Já os casos de gripe na cidade do Rio foram reduzidos consideravelmente. Nesta última semana, a queda no índice de pacientes que buscaram assistência na rede de urgência e emergência da Rede Municipal de Saúde do Rio foi de 75% em relação ao início de dezembro. Mais de 2,9 milhões de pessoas já foram imunizadas contra a gripe na cidade.

Segundo a Rede Dasa, de laboratórios privados, as maiores positividades no mês de dezembro para Influenza foram no Paraná (27%), Goiás (25%) e Distrito Federal (24%). No Rio de Janeiro, a positividade para Influenza caiu para 11% na última semana de dezembro. O pico foi 25% na segunda semana de dezembro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários