AstraZeneca diz que reforço de sua vacina ajuda a combater a Ômicron
Tânia Rêgo/Agência Brasil
AstraZeneca diz que reforço de sua vacina ajuda a combater a Ômicron

A farmacêutica AstraZeneca afirmou, nesta quinta-feira (13), que dados preliminares mostraram que uma terceira dose de sua vacina contra a Covid-19 gerou um aumento nos anticorpos contra a variante Ômicron e outras cepas.

O aumento da resposta imune foi observado em uma análise de sangue de pessoas que foram previamente vacinadas com a AstraZeneca ou com uma vacina de mRNA (Pfizer ou Moderna).

A declaração desta quinta foi a primeira da AstraZeneca sobre o potencial de sua vacina como uma dose de reforço após um ciclo de duas doses de uma vacina baseada em mRNA (Pfizer e Moderna) ou de sua própria vacina.

Segundo a farmacêutica, as descobertas "aumentam o crescente corpo de evidências que apoiam o imunizante como um reforço da terceira dose, independentemente dos esquemas primários de vacinação testados".

A AstraZeneca e seus parceiros de fabricação forneceram mais de 2,5 bilhões de doses globalmente de sua vacina até o momento.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários