Ômicron já tem 100% de predominância em amostras analisadas no Rio
Viktor Forgacs / Unsplash
Ômicron já tem 100% de predominância em amostras analisadas no Rio

Um balanço divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) revela que a variante Ômicron já tem 100% de predominância em análises feitas nos primeiros 18 dias do ano. De acordo com o resultado, a cepa atingiu um alcance epidemiológico superior as demais. Só em 2022, o município já registrou 207.192 mil novos casos de covid-19.

A Ômicron foi a cepa mais rápida em atingir a taxa de predominância. Nem a Delta, que provocou uma onda no primeiro trimestre de 2021, teve tanto alcance. Segundo os dados da SMS, todas as 38 amostras sequenciadas este mês indicaram a presença da variante nova. Ao contrário do que acontecia em novembro, quando dos 40 exames, 39 eram da cepa Delta.

O Boletim Epidemiológico da prefeitura publicado no último dia 24 mostra que diferente da Ômicron, a Delta levou cerca de dois meses cheios para alcançar a mesma marca de predominância.

Já na primeira semana de janeiro, 98,1% dos testes realizados na cidade do Rio apontavam para a variante Ômicron.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários