SP detecta segundo caso da BA.2, sublinhagem da ômicron
Pixabay
SP detecta segundo caso da BA.2, sublinhagem da ômicron

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) confirmou nesta terça-feira (15) a segunda detecção da sublinhagem BA.2 da variante ômicron no município. O exame foi coletado em 28 de janeiro em uma moradora da zona sul da capital, pelo hospital Albert Einstein.

Ela tem 34 anos, está na 15ª semana de gestação, e recebeu três doses de imunizantes contra a Covid-19. Ela relatou que o marido também adoeceu e a filha de 7 anos apresentou teste negativo. Anteriormente, a BA.2 havia sido identificada em um morador de Santo André, que utiliza os equipamentos de saúde no município de São Paulo. Ele também teve o exame coletado em 28 de janeiro.

A munícipe realizou quarentena de 14 dias e relatou bom estado geral. Apresentou tosse e obstrução nasal durante o período e não necessitou de internação.

Essa sublinhagem foi identificada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 7 de dezembro e tem cerca de 40 mutações em relação à variante ômicron BA.1. Cientistas destacam o alto potencial de infecção pelo vírus, que pode provocar distúrbios respiratórios graves.

Monitoramento

A Vigilância Epidemiológica, da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), mantém todas as ações pertinentes à análise genômica do coronavívus no município de São Paulo e reforça a importância da vacinação neste momento de transmissão da variante ômicron.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários