Capital entrega 87 novos leitos no Hospital Municipal de Parelheiros
Márcia Foletto/Agência O Globo - 03.04.2022
Capital entrega 87 novos leitos no Hospital Municipal de Parelheiros

A Prefeitura de São Paulo entregou, nesta quarta-feira (13), no Hospital Municipal Josanias Castanha Braga, em Parelheiros, na Zona Sul, 87 novos leitos voltados ao atendimento infantil e um aparelho de ressonância magnética. Agora, o número total de leitos disponíveis na unidade é de 254.

Segundo o prefeito Ricardo Nunes, o hospital é muito importante para a cidade e, especialmente, para a população do extremo sul, principalmente agora com mais leitos e um aparelho para ressonância magnética, o quarto em toda a cidade. É mais uma etapa para a melhoria do serviço de saúde prestado pela nossa gestão”, afirmou.

"Este é um investimento importante para a cidade, que passa a contar com uma nova ala materno-infantil. São investimentos em hospitais, Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Unidades Básicas de Saúde (UBSs), que, em seu conjunto, passam a oferecer mais opções à população", completou o secretário municipal da Saúde, Luiz Carlos Zamarco.

Para o presidente da Câmara Municipal de SãoPaulo, Milton Leite, que partiicpoou do ato de entrega, a proximidade do equipamento à população é um grande benefício. “Levar o hospital para onde as pessoas vivem é fantástico, especialmente este aqui em Parelheiros com a maternidade com equipamentos novos e modernos que atende aos moradores da região mais carente levando serviço de saúde para a população que precisa”, disse Leite.

Leitos

Para a ampliação, foram investidos R$ 4,5 milhões. Grande parte dos novos leitos está instalada na ala materno-infantil do hospital, que recebeu 77, sendo dez de Unidades de Terapia Intensivas (UTIs) neonatais, 47 de maternidade e 20 de cuidados intermediários (berçários).

Leia Também

Os leitos da ala materno-infantil contemplam também mais cinco salas de pré-parto, parto e pós-parto. Além disso, outros dez pediátricos também foram entregues na mesma unidade, completando as 87 novas instalações.

O hospital, que é gerenciado pela Associação Paulista para Desenvolvimento da Medicina (SPDM), conta com cerca de 1.670 profissionais. Atualmente a unidade dispõe de pronto-socorro e é referência no atendimento de casos de urgência e emergência na região sul da capital. O hospital realiza, em média, 400 atendimentos por dia no local. Com as recentes ampliações, o hospital terá o custo mensal de aproximadamente R$ 22 milhões.

Além dos novos leitos, o equipamento também recebeu um aparelho de ressonância magnética, o quarto da cidade. Entre as especialidades, a unidade dispõe também de clínicas médicas, pediátricas e cirúrgicas, além de pediatria, ginecologia, obstetrícia, ortopedia, neurocirurgia e cirurgia vascular.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários