Após primeira dose com imunizante da Janssen é preciso ao menos duas de reforço
Divulgação/Secretaria Municipal da Saúde
Após primeira dose com imunizante da Janssen é preciso ao menos duas de reforço

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria municipal de Saúde (SMS), divulgou o novo esquema vacinal contra a Covid-19 para quem tomou na 1ª dose (D1) o imunizante Janssen . Apesar de ele ser a chamada dose única, que equivale às aplicações da D1 e D2 de uma única vez, a SMS indica duas ou três doses de reforço (DR), de acordo com a faixa etária.

No esquema vacinal divulgado nesta segunda-feira (20), a imunização contra a Covid-19 para quem recebeu D1 com Janssen fica da seguinte forma:

  • Quem tem de 18 a 39 anos toma 2 doses de reforço (total = 3 doses)
  • Quem tem 40 anos ou mais toma 3 doses de reforço (total = 4 doses)

O intervalo entre as aplicações, segundo a secretaria, é de dois meses entre a dose inicial e o 1º reforço e quatro meses entre os reforços seguintes.

Os imunizantes de reforço podem ser Pfizer, Astrazeneca e Janssen, de acordo com a disponibilidade. Segundo a SMS, a Janssen, quando aplicada como dose de reforço, não vale como duas doses. Por isso, deve-se cumprir o esquema recém divulgado. Já grávidas e puérperas devem tomar a Pfizer como reforço e, caso não esteja disponível, devem receber a Coronavac.

Nesta terça-feira, o calendário para a quarta dose foi ampliado.  Pessoas com 40 anos ou mais e profissionais da saúde com 18 anos ou mais já podem ir aos postos para o segundo reforço, desde que tenha tomado a terceira dose há pelo menos quatro meses.

As demais pessoas com idade entre 18 e 39 anos podem receber a DR2 apenas se fizerem parte do grupo imunizado com a Janssen na 1ª dose, desde que respeitando o intervalo estabelecido entre as doses.

O esquema vacinal com os demais imunizantes é organizado da seguinte forma:

Primeira dose: Pessoas com 5 anos ou mais que ainda não se vacinaram
Segunda dose: Pessoas com 5 anos ou mais após a primeira dose seguindo o intervalo abaixo

  1. Coronavac: 4 semanas
  2. AstraZeneca: 8 semanas
  3. Pfizer: 21 dias
  4. Janssen: Não há segunda dose

Primeiro reforço: Pessoas com 12 anos ou mais quatro meses após a 2ª dose
Segundo reforço: Pessoas com 40 anos ou mais que tomaram o 1º reforço há quatro meses ou mais. Trabalhadores da saúde a partir dos 18 anos, com o mesmo intervalo

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários