Andressa Souza havia colocado um piercing e há cerca de um mês teve complicações
Facebook / Reprodução - 11.07.2022
Andressa Souza havia colocado um piercing e há cerca de um mês teve complicações

Ontem foi muito noticiado em diversos meios de comunicação sobre a morte de Andressa de Souza, de 20 anos, que morreu após ficar um mês internada por conta de um piercing inflamado na boca, segundo a mãe da vítima.

Andressa ficou 24 dias internada em uma UTI após uma infecção generalizada. Esse piercing colocado inchou impossibilitando a retirada , causando uma infecção generalizada. Alguns médicos discordam, mas vale a atenção de todos para tal artefato.

Dr Bruno Puglisi nos passa algumas orientações a respeito e vale a atenção de todos. As pessoas hoje parecem estar cada vez mais descoladas, tanto nas roupas quanto ao corpo, tatuagens gigantescas, cabelos coloridos , transformações no corpo e rosto e uma tendência iniciada na década de 90 parece que continua, o famoso piercing na região de lábios e língua.

Existem vários tipos de piercings que vão desde os simples até joias com materiais e cores atraentes , mas piercing na língua é perigoso para a saúde oral e os profissionais não aprovam.

Por que não colocar então?

  • É preciso avaliar o local onde está sendo feito, suas condições higiênicas, porque além de correr o risco de infecções por nossa boca conter milhões de bactérias, podem causar inchaço dificultando até mesmo respirar
  • O piercing na língua não é natural e a língua não foi realmente feita para isso
  • Quando você fala ou come, sua língua bate nos dentes, fazendo com que tenha um desgaste no esmalte por atrito. A língua é uma das partes mais sensíveis do nosso corpo e qualquer procedimento incorreto pode causar danos permanentes
  • Os músculos da língua ficam ativos o dia todo; ao comer, falar, beber ou mesmo enquanto dorme. O piercing move-se continuamente, podendo causar lesões no local da perfuração
  • A perfuração muda o local de repouso da língua, levantando-a de sua posição natural e ocorrem mordidas na língua frequentes, enquanto se come ou fala, aumentando assim o risco de câncer na boca
  • Ele pode ter contatos diretos na gengiva e causar irritação, levando à retração gengival
  • Sua língua o ajuda a fazer muitos sons e permite que você fale, mas o piercing na língua pode alterar sua fala permanentemente
  • Se não for limpo, pode acumular bactérias e causar mal hálito
  • Pode mudar a quantidade de saliva na boca. Isso causa uma alteração enorme e consequências sérias

Mesmo assim se você resolver fazer ou já usa um, segue
algumas dicas:

  • Faça isso com especialistas em condições assépticas extremas
  • Certifique-se de que a agulha é nova e nunca foi usada antes
  • Selecione uma bola menor para a parte inferior da língua, de modo que não entre em contato com a parte abaixo da língua
  • Se praticar alguma atividade esportiva, retire ele. Cuide bem de sua saúde bucal escovando, usando fio dental e enxágue regularmente
  • Certifique-se de que eles estão bem presos
  • Tente não brincar com os piercings, pois isso pode acabar quebrando um dente

Faça consultas regulares com seu dentista.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários