Casarão em São Paulo virou ponto turístico após história viralizar
Reprodução/Instagram
Casarão em São Paulo virou ponto turístico após história viralizar

No podcast "A mulher da casa abandonada", Chico Felitti investiga a identidade de uma excêntrica senhora moradora de um casarão em ruínas em Higienópolis, um dos bairros mais caros de São Paulo.

Seu nome é Margarida Bonetti. Ela e o marido se mudaram para os Estados Unidos na década de 70 e, com eles, levaram uma brasileira para trabalhar como empregada do casal. Submeteram-na a um serviço análogo à escravidão, até que uma vizinha denunciou o casal à polícia dos EUA.

O marido de Margarida, Renê Bonetti, foi investigado, preso e pagou multas pelos crimes. [#spolier] Hoje está livre e trabalhando para uma empresa que tem relações com a NASA. Margarida conseguiu fugir para o Brasil e hoje mora sozinha numa casa sem esgoto e caindo aos pedaços.

Uma das excentricidades dela está na aparência. Margarida, além de roupas sujas e mal cheirosas, usa uma "pasta branca" cobrindo completamente o rosto. Esse é também um dos mistérios dessa figura sombria.

A pasta branca no rosto dela é provavelmente algum creme a base de óxido de zinco, substância muito usada em cremes para assaduras e também em filtros solares. Surfistas usam muito essa substância porque ela protege contra os raios solares de maneira muito eficiente além de não sair em contato com a água.

Muitas hipóteses são criadas, mas a mais provável é que ela seja portadora de alguma fotodermatose. Lúpus, urticária solar e erupção polimorfa à luz são alguns exemplos. Nessas doenças, a exposição solar é proibida e indicamos o uso de filtros solares com alto fator de proteção solar e amplo espectro (UVA, UVB e luz visível). Elas são muitas vezes conhecidas como alergia ao sol.

Podemos imaginar muitas justificativas para a máscara, inclusive a de que ela esteja se escondendo atrás da pasta branca. De qualquer modo é importante o alerta para que você procure um médico se observar qualquer alteração na pele após exposição ao sol. Os sintomas são diferentes de uma queimadura após um período longo de sol em praia ou piscina. Na maioria das vezes surgem de maneira repetida manchas vermelhas nas áreas expostas ao sol (rosto, colo e braços), as vezes coceira, descamação, placas, vergões e mal estar.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários