Pesquisa abre nova esperança contra a Covid-19
shutterstock
Pesquisa abre nova esperança contra a Covid-19

Desenvolvido por um pesquisador australiano, um remédio experimental pode ajudar a evitar as mortes de Covid-19 . Por meio desse medicamento seria possível controlar a formação dos coágulos de sangue, que são os responsáveis pelas dificuldades respiratórias, falência múltipla de órgãos, derrame e infarto.

Em entrevista, o professor Shaun Jackson, da Universidade de Sydney e do Instituto de Pesquisas do Coração, que lidera uma equipe de pesquisadores que desenvolve um novo remédio para tratar de derrame, mostra grande expectativa que a novidade possa ser usada em pacientes com coronavírus.

Leia mais: Entenda como a luz ultravioleta pode destruir o novo coronavírus

“Se nosso medicamento consegue controlar os coágulos , a falência múltipla de órgãos e a morte de muitos milhares de casos poderiam ser evitadas. Queremos pacientes de Covid-19 procurando caixas de lenço, não ligados a respiradores”, afirmou

Após testes de fase 1 bem-sucedidos em 72 pacientes saudáveis, agora os pesquisadores querem passar com urgência para testes de fase 2, verificando a eficiência e a segurança do remédio em pacientes de Covid-19 em estado crítico.

Os testes de fase 2 do remédio terão que ser feitos fora da Austrália porque não existe um número suficiente de pacientes em estado crítico ligados a respiradores naquele país.

“Pode ser uma questão de meses antes de médicos de todo o mundo poderem usar o novo remédio anticoágulo para proteger pacientes com Covid-19, com o potencial de salvar milhares de vidas”, apontou.

Vale lembrar que cerca de três de cada quatro pacientes graves de Covid-19 em unidades de tratamento intensivo ( UTIs ) desenvolvem coágulos e seu índice de recuperação é criticamente baixo.

    Veja Também

      Mostrar mais