Recorde de casos de Covid-19 acontece no momento em que hospitais de Beirute recebem milhares de feridos pela explosão
Reprodução
Recorde de casos de Covid-19 acontece no momento em que hospitais de Beirute recebem milhares de feridos pela explosão

Após explosão na zona portuária de Beirute , o Líbano registrou 255 novos casos do  novo coronavírus (Sars-Cov-2) em todo o país. É o maior número de infectados em 24h desde o início da pandemia.

O Líbano já registrou 5.672 casos da doença no território, segundo a Universidade Johns Hopkins, nos EUA, e contabiliza 70 vítimas fatais de Covid-19 , de acordo com a Al Jazeera. Desde esta quarta-feira (5), duas mortes pelo novo coronavírus foram registradas.

A situação dos hospitais do Líbano preocupam entidades internacionais pelo aumento da demanda causado pela explosão em Beirute. A Organização Mundial da Saúde está trabalhando em conjunto ao Ministério da Saúde do Líbano para avaliar a situação das instituições e a necessidade de apoio adicional devido à pandemia da Covid-19 . A informação é de Farhan Haq, porta-voz da ONU.

Ele declara "Especialistas estão sendo enviados para Beirute no momento para ajudar na resposta de emergência, tanto das Nações Unidas quanto de vários Estados Membros”.  O número de feridos após explosão no Líbano já chega a 5 mil e foram registradas 137 mortes.

António Guterres, o secretário-geral da ONU, também se manifestou sobre o caso, afirmando em seu Twitter que a organização "permanece comprometida com o apoio ao Líbano neste momento difícil".



    Veja Também

      Mostrar mais