Mais da metade dos estados brasileiros estão com tendência de queda no número de mortes por Covid-19
Foto: Eduarda Esteves/iG
Mais da metade dos estados brasileiros estão com tendência de queda no número de mortes por Covid-19

Segundo as informações divulgadas pelo Ministério da Saúde no início da noite desta sexta-feira (21), com mais 1.054 mortes, o Brasil chegou a 113.358 falecimentos em decorrência da Covid-19.

Desde o começo da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2) no Brasil, 3.532.330 pessoas foram contaminadas. Nas últimas 24h, outros 30.355 receberam diagnósticos positivos para a doença.

A informações do Ministério da Saúde são coletadas diretamente com as Secretarias Estaduais de Saúde. Os dados incluem pessoas sintomáticas e assintomáticas, o que significa dizer que, nesse último caso, são pacientes que foram ou estão infectados, mas não apresentaram sintomas da doença.

No último levantamento da pasta, divulgado nesta quinta-feira (20), o País registrou 1.234 óbitos e 44.684 casos em 24 horas. 

O ranking de número de mortos segue  liderado pelo estado de São Paulo, que tem 28.155 óbitos causados pela Covid-19. O Rio de Janeiro continua em segundo lugar, com 15.202 mortes, seguido por Ceará (8.268), Pernambuco (7.335) e Pará (6.037).

Os estados que registram maior número de casos são: São Paulo (735.960), Bahia (229.743), Rio de Janeiro (207.036), Ceará (202.999) e Pará (186,.646).

Situação epidemiológica da Covid-19 no Brasil
Foto: Divulgação/Ministério da Saúde
Situação epidemiológica da Covid-19 no Brasil


Nesta sexta-feira (21), o diretor-executivo da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, afirmou que a pandemia do novo coronavírus  tem previsão de acabar em menos de dois anos. No entanto, é necessário que países se unam para que isso possa acontecer.

Adhanom ressaltou ainda que se o máximo de recursos forem utilizados para frear o novo coronavírus, é possível que essa pandemia dure menos tempo do que durou a Gripe Espanhola (1918 - 1920), que chegou a contaminar 500 milhões de pessoas. 

O novo coronavírus, até agora, fez 22 milhões de infectados em todo mundo e matou quase 800 mil pessoas.



    Veja Também

      Mostrar mais