Segundo o Ministério da Saúde, médicos e enfermeiras do Hospital para Mulheres e Crianças Al-Qassimi são os primeiros a serem vacinados
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Segundo o Ministério da Saúde, médicos e enfermeiras do Hospital para Mulheres e Crianças Al-Qassimi são os primeiros a serem vacinados

Os  Emirados Árabes Unidos  já começaram a administrar a vacina contra o novo coronavírus (Sars-CoV-2) em profissionais de saúde. De acordo com informações do Ministério da Saúde local, a imunização está atualmente na fase 3 de testes, a última antes de sua aprovação formal.

Segundo o Ministério da Saúde, médicos e enfermeiras do Hospital para Mulheres e Crianças Al-Qassimi, no emirado de Sharjah, são os primeiros a serem vacinados no país. O próprio ministro da Saúde, Abdulrahman al-Owais, tomou a vacina no sábado. Vários funcionários da pasta também receberam a imunização.

Os testes desenvolvidos pela empresa chinesa Sinopharm estão na fase 3 e começaram nos EAU em julho. Segundo o Ministério, a imunização é perfeitamente segura e todos os voluntários vacinados durante os testes estão produzindo anticorpos e apresentam poucos efeitos colaterais.

“Os vacinados ficarão sob supervisão médica cuidadosa e contínua, juntamente com os exames necessários para detectar quaisquer efeitos adversos que possam surgir”, disse a pasta em comunicado.

Na China, centenas de milhares de profissionais de saúde, militares e funcionários públicos já receberam a vacina na China, embora os testes não tenham sido concluídos. Doses da imunização da Sinopham também foram administradas na Jordânia, Bahrein e Egito.

    Veja Também

      Mostrar mais