Proteína encontrada nos tecidos oculares é responsável por regular o processo de replicação do vírus
Foto: Reprodução/TV Globo
Proteína encontrada nos tecidos oculares é responsável por regular o processo de replicação do vírus

Um estudo publicado na revista científica  "JAMA Ophthalmology" mostrou que  Sars-CoV-2 pode infectar tecidos além do sistema respiratório. De acordo com a pesquisa, o antígeno da proteína N (nucleocapsídeo) o novo coronavírus foi encontrado intracelularmente nos tecidos oculares  de uma paciente que foi diagnosticada com Covid-19.

Os pesquisadores analisaram dois pacientes: uma mulher, de 64 anos, que foi infectada com o novo coronavírus e que teve um ataque agudo de glaucoma após recuperação, e um homem, de 61 anos, que tinha glaucoma, mas que não foi diagnosticado com Covid-19.

No estudo, eles descobriram que o antígeno da proteína N foi detectado nas células da conjuntiva, malha trabecular e íris da paciente infectada, mas não no outro participante.

A proteína N é responsável por regular o processo de replicação do vírus no organismo.

O antígeno detectado no olho da paciente após dois meses da infecção deve levar a investigações futuras, que podem determinar se o antígeno que permanece no olho ao longo do tempo provoca danos a estrutura ou função ocular e se ainda é infeccioso.

    Veja Também

      Mostrar mais