Vacinação
Governo do Estado de São Paulo/Divulgação
De acordo com Instituto, efeito adverso não possui relação com a vacina

De acordo com o diretor do Insituto Butantan, Dimas Covas, a liberação para retorno dos estudos da vacina CoronaVac - interrompidos no Brasil após efeito adverso grave em um dos voluntários - deve ocorrer entre hoje e amanhã "Todas as informações já foram fornecidas e a agência está, agora, apta a tomar a decisão de retomar o estudo o quanto antes possível", afirmou Covas.

"Espero que isso seja resolvido muito rapidamente, pois todas as informações estão sendo fornecidas muito rapidamente", reforçou. O diretor do Insituto participou, na manhã desta terça-feira, de uma reunião com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Os profissionais envolvidos no estudo da vacina ainda reforçaram que o evento não possui relação com o imunizante. "Nós oferecemos os elementos para que não ocorresse a suspensão do estudo", pontuou. "Do ponto de vista clínico, é impossível que o efeito adverso tenha qualquer relação com a vacina", disse. 

    Veja Também

      Mostrar mais